Última hora

Última hora

Judo português volta a subir ao pódio do Grande Prémio de Agadir

Em leitura:

Judo português volta a subir ao pódio do Grande Prémio de Agadir

Tamanho do texto Aa Aa

Ao segundo dia do Grande Prémio de Agadir, em Marrocos, Portugal voltou a subir ao pódio. O judoca Anri Egutidze conquistou a medalha de bronze em -81 kg.

Na categoria, o turco Vedat Albayrak conseguiu o ouro de forma espetacular ao impor-se frente ao belga Matthias Casse por Ippon. Um combate onde logo com um minuto e vinte segundos Albayark tinha marcado um primeiro waza-ari.

Em -73Kg, a Rússia vergou-se frente à Turquia. A experiência do russo Musa Mogushkov no tatami desta vez não foi suficiente para levar a melhor sobre o turco Bilal Coluglu.

O medalha de prata no Grand Glam de Abu Dhabi era apontado como favorito mas foi o jovem turco que, sobre o gongo, conseguiu waza-ari e acabou por e garantir o seu lugar no topo do pódio.

Na categoria, há ainda a destacar o sétimo lugar do português Nuno Saraiva.

Na competição feminina, em -70Kg, para grande alegria do público local, a medalha de ouro foi conquistada pela marroquina Assama Niang frente à porto-riquenha Maria Perez,

A final foi a mais rápida do dia dado que, em apenas alguns segundos, Maria Perez executou uma técnica proibida que foi penalizada Hansoku-Make e a consequente desqualificação, oferecendo a medalha de ouro a Assama Niang.

Em -63 Kg, a eslovena Andreja LESKI ficou com o ouro que disputou a australiana Katharina Haecker.

O combate entre as duas cabeças de série foi renhido. A eslovena começou por estar em desvantagem mas os riscos assumidos por Haecker foram aproveitados por Leski que executou uma técnica de o-goshi para um segundo waza-ari . A recompensa para a eslovena foi a sua primeira medalha de ouro num Grande Prémio. Um feito que surge algumas semanas depois de ter conseguido ser ouro num Grand Slam.