Última hora

Última hora

Marcha pela unidade em Barcelona

Em leitura:

Marcha pela unidade em Barcelona

Tamanho do texto Aa Aa

Alguns milhares de pessoas participaram este domingo em Barcelona numa marcha de oposição à independência da Catalunha, organizada pela associação Sociedade Civil Catalã, cujos dirigentes têm ligações ao Partido Popular.

A região está sem governo há cinco meses, na sequência da declaração fracassada de independência proclamada em outubro do ano passado.

"O senhor Puigdemont está lá em Bruxelas a exercer demasiada pressão para fazer presidente da Catalunha o candidato dele, Jordi Sánchez, que está na prisão ...e isso não é compreensível", disse um dos manifestantes.

O líder do partido Ciudadanos, Albert Rivera, distribuiu abraços, o ex-primeiro ministro Manuel Valls discursou:

"A Europa é um projecto único. Foram 70 anos de paz. É uma associação de estados, nações países, que se envolveram em guerras durante séculos e que agora vivem em paz juntos. Rompendo isto, dividindo as nações, colocamos em perigo tudo isto e provocaremos guerras."

De acordo com a a polícia de Barcelona, participaram na manifestação sete mil pessoas.

Em declarações aos jornalistas em Genebra este domingo, o ex-presidente do Governo regional da Catalunha, Carles Puigdemont, disse que "Se pudesse voltar atrás não suspenderia a proclamação de independência."