Última hora

Última hora

Malala regressa ao Paquistão

Em leitura:

Malala regressa ao Paquistão

Tamanho do texto Aa Aa

A Prémio Nobel da Paz de 2014, Malala Yousafsai, está de regresso ao país natal, o Paquistão, seis anos depois do trágico acontecimento que lhe mudou a vida. Neste regresso ao país, Malala encontrou-se com o primeiro-ministro paquistanês Shahid Khakan Abbasi, com quem discutiu o tema que fez dela uma ativista conhecida em todo o mundo: A escolarização das raparigas. Dias antes do encontro, a jovem tinha manifestado saudades e vontade de voltar ao país. Esteve na capital Islamabade, mas não na região natal, Swat, onde as ameaças de morte são levadas a sério.

No Twitter, Malala tinha demonstrado saudades de casa.

Em 2012, Malala, então já uma conhecida ativista, foi atingida a tiro na cabeça por um comando Talibã. Foi então levada para o Reino Unido, onde foi operada e onde ficou a estudar. Está atualmente a fazer um curso na Universidade de Oxford. Com o dinheiro do Prémio Nobel da Paz, criou um fundo para ajudar a causa. Recentemente, foi inaugurada uma escola para raparigas na região natal de Malala, com o dinheiro deste fundo.