Última hora

Última hora

Greves deixam passageiros em terra

Em leitura:

Greves deixam passageiros em terra

© Copyright :
REUTERS/Eric Gaillard
Tamanho do texto Aa Aa

Este domingo, o cenário ameaça repetir-se nos aeroportos portugueses: voos da Ryanair cancelados ou atrasados e centenas de pessoas à espera de informação.

A greve, de três dias intercalados começou esta quinta-feira e vai continuar a 1 e 4 de abril. O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil diz que a adesão é de 90% e acusa a transportadora aérea irlandesa de ilegalidade por substituir os trabalhadores em greve por tripulantes externos. Em causa está a recusa da administração em aplicar a lei portuguesa, nomeadamente no que toca às licenças de maternidade e paternidade e baixas médicas.

Na Air France, pilotos e pessoal de cabine estão em greve por melhores salários. Estiveram parados esta sexta-feira e a companhia afirma que um quarto dos voos foi afetado.

Os voos cancelados ou atrasados deverão ser compensados nos próximos dias.