Última hora

Última hora

Jornalistas e motorista do Equador foram raptados na fronteira com a Colômbia

Em leitura:

Jornalistas e motorista do Equador foram raptados na fronteira com a Colômbia

Tamanho do texto Aa Aa

Uma semana depois do desaparecimento de Javier Ortega e Paul Rivas do Jornal "El Comercio" e do motorista que os guiava, Efrain Segarra, as ruas enchem-se de familiares e amigos das vítimas. Juntos carregam cartazes e fotografias em forma de chamamento pela liberdade.

Os três homens foram raptados na semana passada na província de Esmeraldas, no Equador, região fronteiriça com a Colômbia.

A força policial equatoriana enfrenta, nesta zona de fronteira entre os dois países, uma ofensiva de membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, membros que não aderiram ao acordo de paz de 2016 entre esta entidade e o governo do equador.

Esta região de Esmeraldas, onde a equipa de reportagem desapareceu, tem sido alvo de vários ataques, ataques relacionados com tráfico de droga, não fosse este um dos principais pontos da rota do Pacífico usado por cartéis para transportar droga para os EUA.

Quanto aos três homens que desapareceram, enquanto as famílias apelam à liberdade, o governo do Equador anunciou que está em fase de negociações com os sequestradores.