Última hora

Última hora

Checos pedem a demissão do primeiro-ministro

Em leitura:

Checos pedem a demissão do primeiro-ministro

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de checos saíram à rua para exigir a demissão do chefe de Governo, a braços com acusações de fraude fiscal e desvio de fundos europeus.

Andrej Babis nega as acusações, mas os manifestantes consideram que o primeiro-ministro não tem condições para governar.

Cerca de meio ano depois das eleições, o partido Ano - que em checo significa "sim" - de Andrej Babis continua à procura de parceiros para formar uma coligação. O conflito de interesses é um dos argumentos invocados por várias formações para rejeitar uma eventual uma aliança com o partido liderado pelo multimilionário.

Em janeiro perdeu o voto de confiança no Parlamento e estava, agora, tentar chegar a um acordo com sociais-democratas, mas as negociações caíram por terra na última semana. Desconhece-se para já qual vai ser o próximo passo do primeiro-ministro que, esta terça-feira se reúne com o chefe de Estado.

Bruxelas suspendeu, entretanto, a entrega de cerca de quatro mil milhões de euros em fundos europeus destinados à República Checa.