Última hora

Última hora

Chile: Casos de infeção com VIH aumentaram 96% em oito anos

Em leitura:

Chile: Casos de infeção com VIH aumentaram 96% em oito anos

  Chile: Casos de infeção com VIH aumentaram 96% em oito anos
Tamanho do texto Aa Aa

Os casos de infeção pelo Vírus da imunodeficiência humana (VIH) aumentaram cerca de 96% no Chile entre 2010 e 2017.

Se, há oito anos, foram registados oficialmente, quase 3 mil casos, no ano passado, o número passou dos 5,800.

Alejandro Afjani, infecciologista e diretor do Centro VIH do Hospital da Universidade do Chile, diz que os dados demonstram "uma situação fora de controlo."

Os números foram recolhidos pela própria Universidade do Chile. De acordo com a instituição, pelo menos 40 mil pessoas infetadas com o vírus no país latino-americano desconhecem o seu estado de saúde.

A investigação revela dados que superam as iniformações divulgadas pelo ministério da Saúde em dezembro do ano passado que, apesar de referir uma tendência alarmante, indicava um aumento de 66%.

O ministro da Saúde do Chile, Emilio Santelices, disse, em declarações ao diário chileno La Segunda, que, se os dados divulgados pela Universidade do Chile estão corretos, então, o número de infetados que desconhecem o seu estado "poderia chegar aos 100 mil."

A universidade diz que os jovens entre os 15 e os 25 anos se encontram entre os mais afetados, faixa etária considerada de alto risco.

Campanhas de prevenção

O ministro da saúde do Chile disse que a luta contra o VIH Sida será uma prioridade na agenda Governamental e que seria anunciado um programa nacional de luta e prevenção.

O mesmo deverá fazer a Universidade do Chile, que dá início, em breve, uma campanha gratuita que permite testes rápidos para a a deteção do vírus.