Última hora

Última hora

Greves em França e na Alemanha afetam céus europeus

Em leitura:

Greves em França e na Alemanha afetam céus europeus

Tamanho do texto Aa Aa

Duas greves distintas, em França e na Alemanha, estão a perturbar o tráfego aéreo na Europa.

Em território francês, onze sindicatos que representam os diferentes setores do grupo Air France apelaram a mais dois dias de paralisação, esta terça e quarta-feira, para reclamar um aumento geral de 6 por cento nos salários. Segundo a direção da transportadora aérea francesa, os sete dias de greve observados desde 22 de fevereiro representam perdas na ordem dos 170 milhões de euros.

Na Alemanha, a paralização convocada pelo sindicato dos serviços Verdi, observada pelo pessoal de terra, afetou quatro aeroportos, incluíndo o de Frankfurt, maior plataforma aérea do país.

Um passageiro diz que "aqueles que não têm a possibilidade de mudar [os voos] são os perdedores de toda esta história, o que não é justo".

Outra diz que "percebe [as reivindicações], mas quando se é pessoalmente afetado, isso não é bom".

A companhia alemã Lufthansa diz que o movimento de greve obrigou a cancelar "mais de 800 voos", cerca de metade dos previstos, afetando "cerca de 90.000 passageiros". Para além de Frankfurt, a paralisação afetou os aeroportos de Munique, Colónia e Bremen.