Última hora

Última hora

Segunda audição de Mark Zuckerberg

Em leitura:

Segunda audição de Mark Zuckerberg

Tamanho do texto Aa Aa

Mark Zuckerberg compareceu esta quarta-feira perante o Comité para a Energia e Comércio da Câmara dos Representantes para responder a uma nova ronda de perguntas.

O fundador e presidente executivo da rede social Facebook disse ser "indiscutível a necessidade de implementar alguma regulação" para proteger a privacidade na Internet.

Revelou ainda que a própria informação pessoal foi vendida à empresa britânica Cambridge Analytica.

Zuckerberg deixou a ressalva de que é preciso "ter cuidado" com o tipo de leis que se aprovam.

Dezenas de manifestantes protestaram em frente ao Congresso contra o Facebook, durante a audição de Zuckerberg.

A Cambridge Analytica é acusada de usar uma aplicação para obter dados de 87 milhões de utilizadores do Facebook de forma a elaborar um programa informático destinado a influenciar o voto de eleitores, nomeadamente nas últimas eleições presidenciais norte-americanas de novembro de 2016.