Ataque com mísseis em Homs foi um "falso alarme"

Access to the comments Comentários
De  Lurdes Duro Pereira  com Reuters
Ataque com mísseis em Homs foi um "falso alarme"

Falso alarme. A televisão estatal base militar síria desmentiu a informação que dava como certo um ataque contra a base militar de Shayrat, em Homs, esta segunda-feira.

O exército chegou a admitir que aviões israelitas estivessem por detrás do ataque.

Um porta-voz do Pentágono descartou de imediato o envolvimento de militares norte-americanos. No ano passado, os Estados Unidos dispararam cerca de meia centena de mísseis contra esta base localizada a cerca de 200 quilómetros de Damasco em resposta a um alegado um ataque químico. Um argumento que Estados Unidos, França e Reino Unido utilizaram para justificar o ataque na madrugada deste sábado contra alvos sírios.