Última hora

Última hora

Palestinianos assinalam Nakba

Em leitura:

Palestinianos assinalam Nakba

Tamanho do texto Aa Aa

Nakba é a palavra árabe para "catástrofe".

Há 70 anos que Nakba nomeia a data em que milhares de palestinianos foram expulsos ou forçados a fugir durante a guerra da Palestina.

Em contraste com a celebração da independência que os israelitas judeus comemoram na mesma altura, a Nakba é o luto pela perda da terra natal que milhares de palestinianos e descendentes reclamam como sua.

Marwa Yaseen, uma jovem da Cisjordânia, diz:

"Hoje estamos aqui a lembrar o Dia de Nakba, que é um dia que acontece ainda, constante e diariamente, a todos os nossos irmãos palestinianos e a todos os que estamos aqui, em Gaza, na Cisjordânia e a todos os palestinianos que fugiram ou foram expulsos da Palestina em 1948."

Rafiq Bakri, um jornalista árabe de Haifa, declara:

"Vim com os meus filhos e netos para responder a todos os que fingem que os velhos morrem e que os jovens acabam por esquecer: a esses digo que as crianças palestinianas vão lembrar-se sempre."

A presença de muitas crianças e jovens entre os milhares que se manifestaram em Atlit parece sublinhar esta ideia.

Antes do conflito que eclodiu em 1947, cerca de um milhão de árabes e de 600 mil judeus viviam no território que viria a ser Israel.