Última hora

Última hora

Trump: "Se o encontro com Kim não correr bem, vou embora"

Em leitura:

Trump: "Se o encontro com Kim não correr bem, vou embora"

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump avisa que se o encontro com Kim Jong-un não for proveitoso, abandona o local, nem que seja a meio da reunião.

Trump falava numa conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, durante um encontro oficial entre ambos líderes, na Flórida.

Trump e Abe defenderam mais pressão sobre a Coreia do Norte por causa das ambições nucleares de Pyongyang.

Aos jornalista, o presidente dos Estados Unidos explicou que um encontro com o líder norte-coreano seria bom, não só para os EUA, para as Coreias e para o Japão, mas para "todo o mundo."

"Por isso," disse Trump, vamos fazer tudo para que as coisas corram muito bem."

"Mas se é um encontro que não serve para nada, bem, então não vamos. Se o encontro, não dá em nada... enquanto lá estiver, saio, com todo o respeito e continuamos com o que estavamos a fazer, seja lá o que isso for.

Espera-se que o encontro entre Donald Trump e Kim Jong-un tenha lugar em junho, no que deverá ser o contacto a mais alto nível entre EUA e Coreia do Norte em 16 anos.

Entretanto, Trump confirmou que Mike Pompeo esteve na Coreia do Norte. O diretor da CIA encontrou-se com Kim Jong-Un.

O presidente dos Estados Unidos disse que conseguiram estabelecer o que definiu como "uma boa relação."