Última hora

Última hora

Dois mortos em Gaza na terceira semana de protestos

Em leitura:

Dois mortos em Gaza na terceira semana de protestos

Tamanho do texto Aa Aa

Dois mortos e cerca de quarenta feridos é o balanço dos confrontos desta sexta-feira na fronteira de Gaza com Israel.

Sobe assim para pelo menos 33 o número de palestinianos mortos e cerca de 80 feridos naquela que é a quarta sexta-feira consecutiva da campanha de protesto a que chamaram a "Grande Marcha do Regresso" e que deverá culminar a 15 de maio, quando se assinala o dia da Nakba, que significa catástrofe. Marca a perda da terra natal dos palestinianos e a origem de Israel, em 1948.

O uso de fogo por parte dos israelitas tem levantado críticas internacionais, mas Israel responde com a necessidade de proteção de fronteiras e reação aos avanços palestinianos. Acusa o Hamas, o grupo islamista que governa Gaza, de encenar motins e tentar levar ataques a cabo.

Apesar de o protesto palestiniano ter motivação pacífica, os manifestantes de Gaza têm atirado pedras, incendiado pneus e lançado papagaios de papel com liquído inflamável que passam para lá da fronteira e originam incêndios.