Última hora

Última hora

no comment

Guardas florestais arriscam a vida para salvar gorilas

Os múltiplos conflitos no leste da República Democrática do Congo (RDC) estão a ter um efeito catastrófico não apenas sobre os cidadãos do país, mas também sobre os primatas, de acordo com a emissora britânica Sky News.

Na reportagem, a Sky detalhou como os conflitos, a caça furtiva e os ataques aos guardas florestais provocaram um declínio na população de gorila-de-grauer.

Os gorilas-de-grauer são os maiores dos diferentes tipos de gorilas e estão em risco crítico, ou seja, estão a um passo da extinção.Também conhecidos como gorilas das planícies orientais, existem apenas na natureza no leste da RDC.

Os guardas florestais do Parque Nacional de Kahuzi-Biega enfrentam ataques de milícias e caçadores furtivos, ao mesmo tempo que tentam lidar com a falta de financiamento.

No início deste mês, as autoridades do Parque Nacional Virunga, na RDC, um parque irmão de Kahuzi-Biega, disseram que a milícia Mai Mai matou pelo menos seis membros da equipa na mais perigosa emboscada na história do parque.

A população de gorilas está sob pressão da atividade ilegal de caça e da exploração mineira que invadem o seu habitat.

Um estudo publicado na revista Science Advances, em janeiro do ano passado, afirma que o gorila-de-grauer caiu de uma população de 17.000, em 1995, para apenas 3.800. em 2017.

Mais vídeos No Comment