Última hora

Última hora

Demissão de Serzh Sarkisian recebida com júbilo

Em leitura:

Demissão de Serzh Sarkisian recebida com júbilo

Tamanho do texto Aa Aa

A notícia da demissão do primeiro-ministro, Serzh Sarkisian, foi recebida com júbilo pelos manifestantes arménios, um pouco por toda a Europa.

Em Lyon, França, os contestatários não contiveram as emoções, como sublinha uma arménia: "estamos tão comovidos. Este sentimento é tão forte. Já não temos voz. Há vários dias que estamos a gritar e a representar o povo arménio."

Outra manifestante refere que "quando se assume a presidência, é necessário sacrificar a vida pelo seu país, mas ele estava a fazer o oposto. Ele estava a usar toda a riqueza e energia do povo arménio para o seu próprio proveito".

A 17 de abril a oposição anunciou o início da "revolução de veludo" arménia que foi pacífica ao contrário da revolução sangrenta com o mesmo nome na Checoslováquia em 1989.

"A juventude arménia fez uma revolução de veludo sem confrontos com a polícia. Quando viam a polícia, levantavam as mãos. A Arménia não é a Ucrânia ou outro país ... Nós fizemos uma revolução de veludo", assegura uma das manifestantes.

O anúncio da demissão foi feito através de comunicado, no entanto, Serzh Sarkisian não revelou quando abandonará o cargo de primeiro-ministro.