Última hora

Última hora

Morreu o escritor e jornalista norte-americano Tom Wolfe

Em leitura:

Morreu o escritor e jornalista norte-americano Tom Wolfe

© Copyright :
REUTERS/Jeff Christensen/Arquivo
Tamanho do texto Aa Aa

O escritor e jornalista norte-americano Tom Wolfe, autor de "A fogueira das vaidades", faleceu num hospital de Manhattan, aos 88 anos.

A morte foi confirmada pela agente de Wolfe, Lynn Nesbit, que precisou que ele tinha sido internado na sequência de uma infeção. Vários meios de comunicação locais fazem referência a uma pneumonia.

O New York Times descreve Wolfe como um jornalista inovador cuja prosa tecnicolor e exageradamente pontuada deu vida a surfistas californianos, personalizadores de carros, astronautas e caçadores de 'status financeiro' em obras como "The Kandy-Kolored Tangerine-Flake Streamline Baby," "The Right Stuff" e "Bonfire of the Vanities" (editado em Portugal como "A Fogueira das Vaidades").

O jornalista vivia em Nova Iorque desde 1962, ano em que integrou o New York Herald Tribune como repórter. Foi também na década de 60 que, com recurso a técnicas novelísticas na escrita não-ficcional, foi um dos precursores do chamado "novo jornalismo".

Mais sobre Cult