Última hora

Última hora

Eslovénia decide futuro

Em leitura:

Eslovénia decide futuro

Tamanho do texto Aa Aa

O vento está prestes a mudar de direção na Eslovénia com mais de um milhão e setecentos mil eleitores convidados a decidir o futuro do país nas urnas este domingo. As sondagens apontam para um regresso ao poder de Janez Janša. O líder dos democratas do SDS lidera destacado as sondagens e deverá suceder a Miro Cerar, que apesar do crescimento económico recorde, não parece reunir sequer 10% das intenções de voto.

Ainda assim, a maioria absoluta parece missão impossível e é aí que entra em cena Marjan Šarec, antigo comediante que concorre como independente e que pode muito bem ser o terceiro candidato mais votado e eventual charneira num governo de Janša.

De acordo com o analista político, Miha Kovač, a campanha foi brilhante para os níveis eslovenos, com o SDS a copiar muitas coisas feitas pelo Fidesz na Hungria e pelos ultraconservadores nos Estados Unidos, juntando tudo isso numa só campanha que acabou por dar os seus frutos.

A agenda foi dominada pela crescente migração no país e tudo indica que a vitória irá sorrir ao partido que soube usar o medo da população local para garantir resultados nas urnas.