Última hora

Última hora

Milhares no funeral da enfermeira palestiniana morta na Faixa de Gaza

Em leitura:

Milhares no funeral da enfermeira palestiniana morta na Faixa de Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas reuniram-se no funeral de Razan al-Najar, a enfermeira palestiniana morta esta sexta-feira na Faixa de Gaza quando tentava ajudar um manifestante envolvido em confrontos com as forças de segurança israelitas.

Razan al-Najar tinha 21 anos.

Segundo a agência Reuters, a enfermeira trabalhava como voluntária e salvou centenas de vidas nos conflitos entre palestinianos e israelitas.

A mãe de Razan disse aos jornalistas que a filha era uma alvo desde os primeiros dias desta onde de protestos na Faixa de Gaza e que, por várias vezes, tinha sobrevivido por pouco. Lembrou o trabalho de Razan, afirmando que os soldados israelitas não podem justificar a morte de uma enfermeira.