Última hora

Última hora

Dennis Rodman não podia faltar

Em leitura:

Dennis Rodman não podia faltar

Tamanho do texto Aa Aa

Dennis Rodman não está na lista de convidados. A declaração de Donald Trump foi contundente mas não foi suficiente para afastar o antigo jogador de basquetebol da histórica cimeira entre Estados Unidos e Coreia do Norte, esta terça-feira em Singapura.

À chegada ao país asiático, Rodman admitiu estar satisfeito pelo encontro entre os dois chefes de estado e que já esperava este momento há cinco anos, acrescentando esperar que tudo corresse pelo melhor para o mundo inteiro e que era por isso que aqui estava.

Dennis Rodman é um velho conhecido de Kim Jong-un e foi o primeiro norte-americano a visitá-lo publicamente em Pyongyang. Ainda convidou Trump, mas o então empresário acusou-o de estar louco e embriagado e afirmou que a Coreia do Norte era o último sítio onde queria ir.

Rodman acabou por efetuar várias visitas ao país, onde mostrou todo o seu talento quer no basquetebol, quer na arte de dar espetáculo...