Última hora

Última hora

Donald Trump e Kim Jong-Un em Singapura para cimeira histórica

Em leitura:

Donald Trump e Kim Jong-Un em Singapura para cimeira histórica

© Copyright :
REUTERS/Tyrone Siu
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump e Kim Jong-Un estão em Singapura para uma cimeira histórica que pode redefinir o futuro do dossiê nuclear norte-coreano e das relações entre Washington e Pyongyang.

Depois do presidente norte-americano usar frases como "é uma oportunidade única" para o líder norte-coreano ou "saberei no primeiro minuto se Kim está a ser sério", ninguém ousa prever os resultados do encontro desta terça-feira.

Ambos os líderes foram recebidos separadamente pelo primeiro-ministro de Singapura, que não escondia o prazer em ver o seu território escolhido para receber um evento que, dê frutos ou não, ficará certamente para a História.

A segurança é impressionante e, para muitos residentes, ver guarda-costas norte-coreanos em passo rápido ao lado da viatura oficial de Kim Jong-Un foi uma visão inesperada:

"Foi fantástico, quase não conseguia acreditar que estava realmente a acontecer".

"Não esperava ver o líder norte-coreano a passar. Ainda não vi Trump a passar, mas penso que com ele e os seus serviços secretos haverá ainda mais segurança."

Os dois líderes estão alojados em hotéis separados, a curta distância um do outro, enquanto preparam o encontro oficial desta terça-feira, que terá lugar na ilha turística de Sentosa.

Apesar do grande clima de incerteza, numa nota otimista Trump dizia, depois do pequeno-almoço de trabalho com o primeiro-ministro de Singapura, que acredita que tudo vai "correr muito bem".