Última hora

Última hora

Vaso chinês do século XVIII vendido por mais de 16 milhões de euros

Em leitura:

Vaso chinês do século XVIII vendido por mais de 16 milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

Um vaso chinês de porcelana do século XVIII, criado para o Imperador Quianlong (1735-1796) e esquecido num sótão durante décadas foi vendido na Sotheby's de Paris por 16,2 milhões de euros.

A peça foi vendida a um jovem comprador chinês, presente na sala durante o leilão.

Trata-se de um recorde absoluto que apanhou todos de surpresa, como explicou o especialista de arte asiática Olivier Valmier:

“Esta pessoa apanhou o comboio, a linha suburbana e o metro. Depois veio a pé até aqui. Entrou no edifício da Sotheby's até chegar ao meu escritório. O vaso estava dentro de uma caixa de sapatos e protegido por uma folha de jornal. Quando abriram a caixa na minha secretária ficámos todos espantados com a beleza da peça. Depois, começaram as avaliações dos especialistas para provar a autenticidade do vaso, que até aqui não existia".

Apenas quatro vasos com este tipo de paisagem foram documentados na produção das oficinas imperiais.

A peça foi vendida em perfeito estado de conservação.