Última hora

Última hora

629 migrantes enfrentam longa viagem com pão e fruta

Em leitura:

629 migrantes enfrentam longa viagem com pão e fruta

629 migrantes enfrentam longa viagem com pão e fruta
Tamanho do texto Aa Aa

A Euronews é a única televisão que tem uma repórter a bordo do Aquarius, navio que transporta 629 pessoas para o porto de Valência, depois de Itália e Malta se terem recusado a acolher os migrantes. A viagem deve demorar quatro dias e não abunda a comida.

"Ontem tínhamos pedido às autoridades para nos mandarem alguns mantimentos e acabámos de receber antes de deixar o sul da Sicília alguma comida: laranjas, barras de cereais e pão. É bom receber alguma comida, embora não seja o que tínhamos pedido, porque pão e barras de cereais não são suficientes para alimentar uma pessoa durante um dia. Vamos tentar combinar com o resto dos alimentos que temos a bordo", disse Aloys Vimard, coordenador dos Médicos Sem Fronteiras.

A repórter da Euronews, Anelise Borges, realçou outros problemas que o Aquarius enfrenta: "Ao problema da alimentação junta-se o tempo de viagem. Vai demorar pelo menos 4 dias, de acordo com a SOS Mediterranée e o capitão do navio - a chegar a Espanha, devido às condições meteorológicas. Espera-se que o tempo mude. O vento tem-se feito sentir nas últimas horas e podemos ter de abrandar. Estamos a navegar a uma velocidade de 8 nós.

A situação a bordo é relativamente calma. As pessoas são pacientes e hoje puderam ter alguns cuidados de higiene. Receberam uma pasta e escova de dentes. Alguns puderam tomar um duche e mudar de roupa. Isto é fundamental para o bem-estar das pessoas a bordo".

Atualmente há duas embarcações italianas a acompanhar o Aquarius nesta viagem para o porto espanhol de Valência.