Última hora

Última hora

Macedónia muda de nome

Em leitura:

Macedónia muda de nome

Macedónia muda de nome
Tamanho do texto Aa Aa

27 anos depois, Grécia e Macedónia põem fim ao diferendo entre os dois países: o pequeno Estado dos Balcãs, que se formou após a desintegração da Jugoslávia, vai passar a chamar-se República da Macedónia do Norte.

A questâo era importante para os gregos, que receavam a confusão entre o nome do país vizinho e o da regiâo de onde terá saído Alexandre, o Grande para a expansão do império, no século IV a.C. Mas agora, para o primeiro-ministro grego, a situação está resolvida.

"No acordo que alcançámos, fica esclarecido pela primeira vez que os nossos vizinhos do norte não têm nada que ver com a antiga civilização grega da Macedónia e não podem reclamar qualquer ligação a ela no futuro", afirmou Alexis Tsipras, em conferência de imprensa.

A nova denominação ainda terá de ir a referendo na Macedónia e ser aprovada pelos parlamentos dos dois países. Caso seja ratificada, as portas de entrada para a União Europeia e a NATO passam a estar abertas, o que até agora não tem acontecido por objeção da Grécia.

Para a oposição macedónica este resultado foi uma derrota. Em Skopje, a capital do país, as opiniões oscilam entre alguma relutância e o otimismo.

"Fico contente por este processo ter sido desbloqueado, tanto na Grécia, como na Macedónia. Mas duvido que continue como deva, porque há nacionalistas tanto na Grécia, como na Macedónia", diz Zorica Vuckova, uma residente na cidade.

Para Marjan Ognenovski, que também vive em Skopje, a resolução do conflito é uma oportunidade: "Estou otimista de que isto vá abrir a porta da Europa. Significa que podemos manter os nossos jovens em casa e ter um futuro melhor".