Última hora

Última hora

Turquia: Diáspora na Bélgica já vota

Em leitura:

Turquia: Diáspora na Bélgica já vota

Turquia: Diáspora na Bélgica já vota
Tamanho do texto Aa Aa

A comunidade turca emigrada na Bélgica já pode votar nas eleições presidenciais e legislativas, cuja primeira volta, na Turquia, está marcada para 24 de junho. A euronews falou como alguns dos cerca de 140 mil eleitores registados.

De acordo com os padrões da União Europeia, a Turquia tem agora um regime de poder absoluto

Marc Pierini Analista político, Carnegie Europe

Uma delas disse: "Vou votar pela paz, para que o sangue não flua, para que as mães não chorem". Outra afirmou: "Erdoğan representa-nos muito bem, estamos muito felizes, os outros tentam destruir o que Erdoğan fez".

Há seis candidatos ao lugar ocupado pelo presidente Recep Tayyip Erdoğan, que quer consolidar o seu poder, considerado cada vez mais autocrático pelo União Europeia.

"De acordo com os padrões da União Europeia, a Turquia tem agora um regime de poder absoluto e quase não há contrapoder ao nível do parlamento, da imprensa, da sociedade civil ou da justiça", disse, à euronews, Marc Pierini, analista político no centro de estudos Carnegie Europe.

Apesar de a Turequia ainda ser candidata a Estado-membro, as relações com o bloco europeu estão num dos níveis mais baixos de sempre.

Marc Pierini assinala a rota divergente, dizendo que "a posição da União Europeia não vai mudar muito face ao que tem sido desde o referendo. Vemos que a Turquia se posiciona cada vez mais numa órbita completamente diferente daquela onde se encontra a União Europeia".

A Bélgica é o país da diáspora turca na Europa com a maior percentagem de eleitores pró-Erdogan na Europa, se acordo com os resultados do referendo de 2017, que aumentou os poderes do presidente.