Última hora

Última hora

Ataques aéreos no aeroporto de Hodeida

Em leitura:

Ataques aéreos no aeroporto de Hodeida

Ataques aéreos no aeroporto de Hodeida
Tamanho do texto Aa Aa

A coligação internacional liderada pela Arábia Saudita que apoia o Governo do Iémen no exílio realizou este domingo vários ataques aéreos no aeroporto de Hodeida.

O braço-de-ferro mantém-se no país depois de um volte-face no terreno.

As forças pró-governo tinham anunciado a tomada do aeroporto das mãos dos rebeldes xiitas "huthis" mas estes reverteram depois a situação na sequência de confrontos intensos.

O aeroporto encontra-se no sul da cidade portuária de Hodeida, a dez quilómetros do porto com o mesmo nome e principal ponto de entrada de ajuda, alimentos e medicamentos no país.

Os habitantes de uma cidade próxima do porto não escondem o desespero.

"Estava a trabalhar no porto de Hodeida mas se o porto fechar onde é que vamos trabalhar? Como é que encontrarei trabalho com este cerco e desastre? Só nos falta morrer. Não temos mais nada do que a vida", sublinha Yehia Sohail.

Entre os alertas de organizações não-governamentais, o Papa Francisco apelou, este domingo, à intervenção da comunidade internacional para ajudar a população do país "esgotada por anos de conflito", nas palavras do Sumo Pontífice.