Última hora

Última hora

Christo flutua no Hyde Park

Em leitura:

Christo flutua no Hyde Park

Christo flutua no Hyde Park
© Copyright :
REUTERS/Simon Dawson
Tamanho do texto Aa Aa

Quem passa pelo lago Serpentine, no famoso Hyde Park de Londres, não consegue ficar indeferente à última obra do búlgaro Christo: uma pirâmide trapezoidal composta por mais de 7500 barris coloridos que flutua no meio do lago, apesar de pesar 650 toneladas.

A arte pela arte, sem significado particular, como explica o artista:

"Não, não tem um significado. A arte visual joga com a relação das formas e proporções. Mas o nosso projeto vai para além de tudo, é totalmente irracional e inútil. Não há qualquer propaganda, porque qualquer outro chamado 'significado social' é propaganda, seja económica, política, religiosa ou ambiental... É tudo propaganda. Isto é simplesmente arte."

Como em muitos dos anteriores projetos, Christo teve de autofinanciar esta obra - apelidada "The London Mastaba" -, com um custo de três milhões e meio de euros.

Uma ideia que surgiu do trabalho colaborativo com a mulher, Jeanne-Claude, falecida em 2009. O casal utilizou com frequência barris nas suas esculturas e instalações, exibidas em desenhos, maquetes e fotografias na galeria Serpentine de Londres até 9 de setembro.

Mais sobre Cult