Última hora

Última hora

Donald Trump revê medida sobre separação de famílias migrantes

Em leitura:

Donald Trump revê medida sobre separação de famílias migrantes

Donald Trump revê medida sobre separação de famílias migrantes
© Copyright :
REUTERS/Joshua Roberts
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente dos Estados Unidos anuncia a assinatura de um documento "preemptivo" para alegadamente resolver o problema das famílias migrantes que estão a ser separadas ao entrarem no país oriundas do México.

Antes, membros do congresso democrático protestaram contra a política de imigração do de donald Trump, que tem separado crianças das suas famílias.

Donald Trump foi abordado pelos manifestantes quando saía de uma reunião sobre esta matéria com os senadores do seu partido. Nas imagens pode ouvir-se um democrata perguntar se Trump não tem filhos.

Os republicanos dizem estar a preparar um projeto-lei para acabar com as separações na fronteira: "Eu apoio e todos os membros da conferência republicana apoiam um plano que mantenha as famílias juntas enquanto se determina o estado de imigração. Tivemos uma discussão muito firme ao almoço sobre a necessidade de resolver o problema, eu compreendo que o presidente acabou de nos pedir para resolver a questão e, obviamente, que para isso acontecer no Senado será necessário haver discussões bipartidárias, diz o senador republicano, Mitch McConnell.

Todos os dias famílias de imigrantes da América Central chegam a McAllen, no Texas.

A "política de tolerância Zero" tem sido fortemente criticada e gerado manifestações em vários locais. Por todo o país grupos progressistas têm realizado protestos com o lema "As famílias devem estar juntas".

Esta terça-feira, uma manifestação frente à unidade de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos, em São Francisco, juntou centenas de pessoas.

Desde o início de maio que mais de 2300 crianças foram separadas dos pais pela administração Trump.