Última hora

Última hora

Svitlaya: Bordados da avó conquistam guarda-roupa das netas

Em leitura:

Svitlaya: Bordados da avó conquistam guarda-roupa das netas

Svitlaya: Bordados da avó conquistam guarda-roupa das netas
Tamanho do texto Aa Aa

Abrimos a caixa de costura, porque os bordados da avó voltam a conquistar o guarda-roupa das netas. A agulha e o dedal começam a pensar "fora da caixa" e escrevem a palavra modernidade em ponto pé de flor. Flores, beleza e natureza. São estes os elementos dentro do saquinho de bordados da estilista ucraniana Svitlana Golovchenko. Svitlana criou uma marca bordada com vários pontos e que está a marcar pontos. A tradição acerta agulhas com o mundo contemporâneo e o estilo eslavo conquista o mundo - da moda. Apertamos o bastidor e vamos até aos bastidores da Svitlaya.

Svitlaya, Saia SNOW ROSE | Uma borboleta escondida nos folhos de uma saia preta.

São vestidos inspirados no rico passado eslavo. São peças de roupa e peças de arte que respiram tradição e cheiram a modernidade. Os bordados têm uma longa história feita por pessoas visionárias e são, muitas vezes, uma história de família.

As nossas clientes são principalmente mulheres felizes, bonitas, cheias de graça e de luz

SVITLANA GOLOVCHENKO Designer Svitlaya

"Nasci na Ucrânia e, durante a minha infância, costumava ver a minha avó a bordar toalhas de mesa e almofadas. Peças que foram mantidas na minha família até aos dias de hoje. Na marca Svitlaya pretendi manter a tradição dos bordados, mas também dar-lhes uma nova vida, ao combinar esta tradição com um design moderno. Por exemplo, na nossa primeira coleção Primavera-Verão 2018, no vestido "Pixel" estão presentes símbolos folclóricos do século XIX. São elementos elegantes e interessantes e, para quem acredita em contos populares, são símbolos de proteção e trazem boa sorte", explica Svitlana Golovchenko.

O tempo que cada peça passa nas mãos dos artesãos pode variar. Cada mão deixa uma marca nas roupas. Uma marca que não pode ser vista, mas sentida. "A nossa equipa é a alma da marca. São pessoas seleccionadas pelas qualidades morais. São mulheres bonitas e leves que trabalham connosco. Tratam cada peça com amor e carinho, durante todas as fases de acabamento. Em média, a produção de cada peça demora entre 7 a 9 dias úteis, dependendo da complexidade do bordado e da quantidade de trabalho manual necessária. No nosso atelier existe uma energia calorosa e luminosa. É por isso que a nossa marca se chama Svitlaya que que significa "luz" em ucraniano", conta a criadora de moda. Os bordados são cortados e cosidos manualmente, através da técnica appliquée. Os tecidos são importados de Itália, mas todo o trabalho manual é feito na Ucrânia.

A designer também deixa a sua própria marca: "A criação da marca foi inspirada na beleza da natureza que nos rodeia, nos fascina e nos surpreende, com uma inimaginável beleza e diversidade. Nas nossas coleções, muitas vezes, recorremos a elementos da natureza para dar mais cor à vida das mulheres modernas, para tornar a rotina diária mais brilhante e colorida. As nossas clientes são principalmente mulheres felizes, bonitas, cheias de graça e de luz."

SVITLANA GOLOVCHENKO

Svitlana Golovchenko não segue regras para criar uma coleção: "tudo o que me inspira entra em jogo! A textura dos tecidos, flores naturais, a paleta de cores. A ideia principal desenvolve-se na minha mente e quando amadurece é imediatamente transferida para um esboço."

Os vestidos pretendem passar emoções positivas a todas as mulheres, para que sorriam sempre que passem em frente ao espelho. "Dediquei os últimos 4 anos da minha vida a roupas bordadas. Cada vestido é especial para mim e está associado a determinados acontecimentos; não consigo destacar o mais importante. Ainda me lembro do cheiro e da suavidade da almofada bordada pela minha avó, na qual dormi durante toda a minha infância e que recordo sempre com um sorriso."

Natureza. Alegria. Luz e beleza. São vestidos feitos na Ucrânia que se passeiam pelas ruas de Paris. São vestidos que passam em frente ao espelho com um sorriso. É este o sorriso Svitlaya. Um sorriso que pisca o olho à tradição.

Svitlaya, vestido Pixel

Mais sobre Cult