Última hora

Última hora

Fazer turismo em Fukushima por 170 euros

Em leitura:

Fazer turismo em Fukushima por 170 euros

Fazer turismo em Fukushima por 170 euros
Tamanho do texto Aa Aa

É uma outra abordagem turística: excursões específicas para visitar locais que foram palco de catástrofes. No caso, Fukushima, no Japão. Para além das incontornáveis fotografias e mapas em punho, os organizadores falam no lado pedagógico desta descoberta.

"Acho que vale a pena mostrar a turistas estrangeiros o que se passa atualmente em Fukushima. A ideia é começar a reconstruir a imagem que esta área tem", afirma Takuto Okamoto, guia turístico.

A visita custa cerca de 170 euros e passa também por quintas locais.

"Sinceramente, desconhecia esta realidade. Fiquei com o coração partido", dizia uma estudante de 18 anos.

Há quem traga equipamento para medir os níveis de radiação e saia com a informação de que esta pode ultrapassar em 100 vezes os limites de segurança.