Última hora

Última hora

Empresa condenada por falsificar vinhos Château Margaux

Em leitura:

Empresa condenada por falsificar vinhos Château Margaux

Empresa condenada por falsificar vinhos Château Margaux
Tamanho do texto Aa Aa

A empresa vinícola Château Giscours foi condenada a uma multa de 200 mil euros por adicionar açúcar a duas cubas dos vinhos Château Margaux, em 2016.

O Tribunal Penal de Bordeaux considerou que o procedimento consistiu numa infração grave que prejudicou toda a safra daquele ano, tendo ordenado a apreensão e destruição do vinho modificado e três meses de pena suspensa para os responsáveis da empresa.

Para a defesa, a decisão do tribunal é injusta, alegando que a modificação se deveu a erro humano e não teve qualquer intenção fraudulenta.

"'É uma grande injustiça. O tribunal tem o devido direito de decidir, mas é meu direito questionar e recorrer da decisão e levar à justiça o que deve ser levado à justiça", defende o advogado de defesa Jean Gonthier.

Enriquecer um vinho com açúcar antes da fermentação aumenta o teor alcoólico da bebida. O procedimento é legal apenas em alguns casos regulados. Neste, o tribunal considerou tratar-se de uma falsificação.

Os vinhos Château Margaux são considerados estar entre os melhores do mundo e estão também entre os mais caros.