Última hora

Última hora

Projeto de Trump sobre imigração "chumbado" no Congresso

Em leitura:

Projeto de Trump sobre imigração "chumbado" no Congresso

Projeto de Trump sobre imigração "chumbado" no Congresso
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump sofreu uma derrota no Congresso americano. A Câmara dos Representantes votou contra o projeto de lei sobre a imigração, uma solução de compromisso, que pretendia reduzir drasticamente a imigração legal e financiar a construção do muro na fronteira com o México, ao mesmo tempo que fazia concessões aos democratas sobre os imigrantes que permanecem no território americano desde crianças. Um grande número de republicanos votou contra o projeto, ao lado da totalidade dos congressistas democratas.

Vários congressistas republicanos mostraram-se desagradados com o "chumbo" do projeto.

"Vimos uma minoria de republicanos votar ao lado de todos os democratas na Câmara dos Representantes no sentido de reforçar um sistema de imigração que tem falhas, é ineficaz, injusto e por vezes cruel", disse o congressista republicano Carlos Curbelo.

Em breve, o Congresso deve votar um outro projeto, desta vez dirigido especificamente a um dos aspetos mais polémicos da política de imigração de Trump: A separação de famílias na fronteira. Segundo o novo projeto, as crianças vão poder passar a ser detidas juntamente com os pais. A política de tolerância zero e a aplicação à letra, por parte da atual administração, de uma decisão de tribunal tomada na era Clinton está a provocar uma onda de condenação a nível mundial, com crianças separadas das famílias e imigrantes detidos em jaulas.

"Disse que aprovassem uma lei, ou apresentassem outro projeto que vá no mesmo sentido, mas que conseguissem algo", explicou Trump. Pressionado para acabar com esta situação, Trump emitiu um decreto para impedir a separação de famílias, mas as autoridades não sabem como resolver o problema das famílias que foram já afetadas pela nova política.