Última hora

Última hora

Migração marca presidência austríaca da UE

Em leitura:

Migração marca presidência austríaca da UE

Migração marca presidência austríaca da UE
Tamanho do texto Aa Aa

A passagem de testemunho aconteceu nas montanhas austríacas. O presidente do Conselho Europeu, o primeiro-ministro búlgaro e o chanceler austríaco chegaram de teleférico à cerimónia que marca o início da presidência austríaca da União Europeia.

Os próximos seis meses serão marcados pelo incontornável tema da migração

A presidência rotativa começa este domingo com o mote: "Uma Europa que protege."

Sebastian Kurz destaca também a questão da segurança na Europa.

“Queremos criar uma Europa que protege os seus cidadãos. Queremos ter uma Europa que protege também o bem-estar dos cidadãos no que diz respeito ao setor financeiro que fomos desenvolvendo nos últimos anos”.

O chanceler austríaco já tinha anunciado em Bruxelas que a prioridade da próxima presidência semestral é proteger as fronteiras externas da Europa e resolver a questão migratória que divide os estados-membros.

Kurz afirmou que vê o país como um construtor de pontes dentro da UE.