Última hora

Última hora

Federação Internacional de Basquetebol abre inquéritos à Austrália e Filipinas

Em leitura:

Federação Internacional de Basquetebol abre inquéritos à Austrália e Filipinas

Federação Internacional de Basquetebol abre inquéritos à Austrália e Filipinas
Tamanho do texto Aa Aa

A Federação Internacional de Basquetebol (FIBA) abriu inquéritos disciplinares à Austrália e Filipinas para apurar as circunstâncias dos violentos confrontos entre as seleções dos dois países durante o duelo de 2 de julho referente à zona asiática de apuramento para o Mundial da China de Basquetebol, em 2019. As conclusões deverão ser conhecidas em breve.

Murros, pontapés e até cadeiras pelo ar. Houve de tudo quando o duelo degenerou em violência e foi difícil acalmar os ânimos.

O curto-circuito deu-se no momento em que Christopher James Goulding, da Austrália, foi derrubado depois de um contacto com June Mar Fajardo, das Filipinas. O australiano Daniel Kickert saiu em auxílio do companheiro de equipa e instalou-se a confusão.

13 jogadores foram expulsos, nove das Filipinas. O confronto foi reiniciado para terminar logo depois, antes do tempo, com uma vitória, 89 a 53, dos australianos.

O selecionador das Filipinas lamentou o sucedido, mas disse que os jogadores foram alvo de "bullying."