Última hora

Última hora

"Estado da União": o desafio da migração nas mãos de Kurz

Em leitura:

"Estado da União": o desafio da migração nas mãos de Kurz

"Estado da União": o desafio da migração nas mãos de Kurz
Tamanho do texto Aa Aa

O colapso da política de migração e asilo de Angela Merkel: poderá a chanceler alemã sobreviver a uma batalha que ameaça derrubar o seu governo?

A Áustria, cujo governo é anti-migração, assume a presidência da União Europeia no segundo semestre: o que podemos esperar da linha dura do chanceler Sebastian Kurz?

Este é o tema dominante do programa que passa em revista a atualidade europeia da semana.

A euronews enviou o correspondente Stefan Grobe a Viena e estas são as suas impressões:

“O objetivo geral do governo austríaco é pôr fim à migração ilegal. A cimeira da União Europeia, em Bruxelas, na semana passada, estabeleceu algumas orientações e os austríacos estão dispostos a cumpri-las. Em primeiro lugar, querem um reforço da proteção das fronteiras externas da União Europeia, com muito mais financiamento para a Frontex (a agência de fronteiras europeia). Trata-se de tentar pôr fim à perigosíssima rota de viagem de migrantes através do mar Mediterrâneo, mantendo-os no ponto de origem que, essencialmente, é África. Estão muito determinados a pôr isso em prática. Disseram, repetidamente, que até agora houve muitas palavras e pouca ação”.

Destaques na agenda da semana que vem em Bruxelas:

- 9 de junho: Cimeira UE-Ucrânia – 11 e 12 de junho: Cimeira da NATO – 12 de junho: Cimeira UE-Japão