Última hora

Última hora

Itália troca migrantes por investimento

Em leitura:

Itália troca migrantes por investimento

Itália troca migrantes por investimento
Tamanho do texto Aa Aa

O ministro italiano dos Negócios Estrangeiros esteve em Tripoli este fim de semana. Objetivo: reativar um "tratado de amizade" assinado em 2008 - ainda no tempo de Kadhafi - e que permite à Itália enviar migrantes para a Líbia em troca de milhões de euros de investimento.

Moavero Milanesi assume que quer os migrantes sejam travados antes de chegarem à Europa. "Para nós, a estabilidade e a paz na Líbia são elementos essenciais para o equilíbrio na região, no Mediterrâneo e, por isso mesmo, do nosso interesse direto - não só como Itália, mas como União Europeia," afirmou no final do encontro com o homólogo líbio.

O novo governo italiano tem feito bandeira política da recusa de entrada de migrantes que atravessam o Mediterrâneo. Na recente cimeira das migrações da União Europeia, votou ao lado da Hungria para que a miugração seja contida em bolsas, fora da Europa.

De acordo com as Nações Unidas, 1 em cada 6 migrantes que saem da Líbia para atravessar o mediterrâneo acaba por morrer.