Última hora

Última hora

Sobe para mais de 100 o número de vítimas nas cheias do Japão

Em leitura:

Sobe para mais de 100 o número de vítimas nas cheias do Japão

Sobe para mais de 100 o número de vítimas nas cheias do Japão
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 100 pessoas morreram por causa das cheias no oeste do Japão, de acordo com os media nacionais. A televisão pública NHK falava, esta segunda-feira de manhã, em 112 mortos.

As autoridades dizem que o número de vítimas poderá aumentar. A prefeitura de Hiroshima é a região mais atingida, onde morreram 44 pessoas.

Pelo menos três pessoas estão hospitalizadas em estado crítico. Há quase 80 desaparecidos.

Nos últimos dias, os operacionais no terreno têm feito uma corrida contra o tempo, na busca de sobreviventes.

Nas tarefas de resgate participam a polícia, os bombeiros, o exército e a guarda costeira.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse que ainda é cedo para entender a dimensão da tragédia.

As chuvas começaram na semana passada depois da passagem de um tufão, que trouxe ar quente e húmido do Oceano Pacífico.

O mesmo aconteceu no sudoeste do arquipélago há um ano.

Neste caso, diz a agência metereológica japonesa, JMA, a frente permaneceu na mesma região durante um período de tempo pouco habitual.