Última hora

Última hora

Comissão Europeia revê em baixa crescimento da Zona Euro para 2018

Em leitura:

Comissão Europeia revê em baixa crescimento da Zona Euro para 2018

Comissão Europeia revê em baixa crescimento da Zona Euro para 2018
Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas reviu em baixa a previsão de crescimento da Zona Euro para 2018.

O conflito comercial com os Estados Unidos da América e as perturbações políticas dentro do bloco europeu ameaçam o impulso económico.

Segundo o relatório trimestral da Comissão Europeia, divulgado esta quinta-feira, o Produto Interno Bruto da Zona Euro deverá crescer 2,1%, este ano, abaixo dos 2,3% estimados em maio.

Para 2019, o PIB deverá avançar 2%, em linha com as previsões anteriores.

"A confiança dos investidores, por um lado, e as atividades económicas, por outro, não recuperaram na primavera devido às tensões comerciais com os Estados Unidos, devido às incertezas políticas em alguns Estados-membros e, também, por causa do aumento do preço do petróleo", afirmou o comissário europeu para os assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici.

Em junho, o presidente, Donald Trump, impôs tarifas ao aço e alumínio europeus, motivando retaliações da Europa contra os produtos norte-americanos. A Casa Branca ameaça aumentar as taxas aduaneiras aos automóveis europeus. Internamente, Itália desafia as regras da União Europeia. Todos estes fatores que podem inibir o crescimento económico.

Segundo o vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, "podemos ver que o ambiente externo, incluindo a crescente tensão comercial, está a afetar negativamente a confiança e, consequentemente, os indicadores do crescimento económico".

Bruxelas reviu, também, em baixa o crescimento da economia portuguesa, para 2018, de 2,3% para 2,2%.