Última hora

Última hora

Polícia Judiciária portuguesa deteve 56 membros dos Hells Angels

Em leitura:

Polícia Judiciária portuguesa deteve 56 membros dos Hells Angels

Polícia Judiciária portuguesa deteve 56 membros dos Hells Angels
Tamanho do texto Aa Aa

A Polícia Judiciária portuguesa deteve 56 membros do grupo motar Hells Angels, quatro deles em flagrante delito, no âmbito de uma megaoperação que durava há meses.

Os homens, (51 portugueses, quatro alemães e um finlandês) são suspeitos dos crimes de tentativa de homicídio, roubo, ofensa à integridade física, associação criminosa, lenocínio e extorsão.

As buscas foram feitas por todo o país, sendo que a maior parte esteve concentrada em Lisboa e em Faro. A operação envolveu 400 membros da polícia judiciária. Esta é já considerada uma das maiores detenções na Europa nos últimos anos.

Em conferência de imprensa, o diretor nacional da PJ e a coordenadora da Unidade Nacional de Combate ao Terrorismo, explicaram que esta ação estava programada há algum tempo.

O Hells Angels é um moto clube fundado nos anos 40, nos EUA, está presente em 29 países e é conhecido pelas ligações à extrema direita, ao crime violento e ao tráfico de droga.

Os suspeitos vão ser presentes ao juiz de instrução já esta quinta-feira