Última hora

Última hora

Donald Trump sob protestos na Escócia

Em leitura:

Donald Trump sob protestos na Escócia

Donald Trump sob protestos na Escócia
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump escolheu a Escócia para encerrar a sua visita ao Reino Unido.

O presidente norte-americano refugiou-se no seu luxuoso complexo hoteleiro de Turnberry, enquanto milhares de pessoas protestavam em Edimburgo, contra a sua presença no país.

Na rede social Twitter, Trump aproveitou para atacar o antecessor, Barack Obama, acusando-o de não ter tomado medidas para prevenir os alegados ataques ao Partido Democrata por ciberpiratas russos.

O presidente aproveitou ainda para jogar golfe antes de viajar, no domingo para Helsínquia, na Finlândia, onde se vai reunir com o presidente russo, Vladimir Putin.

Nas ruas da capital da Escócia, mais de três mil pessoas protestaram contra a visita e as políticas do presidente dos Estados Unidos da América

"Os valores de Trump e o seu modo de vida não estão representados aqui na Escócia. Não concordamos com nada, por isso é importante que as pessoas sejam ouvidas e vistas", afirma uma manifestante.

Um escocês acredita que "Trump não deveria estar onde está, não deveria ser o presidente da América. Penso que ele não faz nada além de causar discórdia, ele traz desunião ao mundo, ele não tem absolutamente nada de positivo para oferecer "

A visita de Donald Trump ao Reino Unido fica marcada por protestos por todo o país e por gafes por parte do presidente norte-americano.