Última hora

Última hora

Cessar-fogo entre Israel e a Palestina

Em leitura:

Cessar-fogo entre Israel e a Palestina

Cessar-fogo entre Israel e a Palestina
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de um dos mais duros raides israelita sobre Gaza, no sábado, as informações do terreno dão conta de que o cessar-fogo assumido pelo governo de Telavive e pelo Hamas está a ser respeitado.

Respondendo às críticas da oposição, o primeiro-ministro israelita garante que apesar do cessar-fogo, a política de resposta mantém-se: "quem ferir Israel, será ferido na resposta".

Netanyahu deu também instruções aos militares para continuarem a neutralizar os balões e papagaios incendiários atirados pelos palestinianos.

Nickolay Mladenov, enviado especial da ONU ao Médio Oriente lançou um apelo."Ontem estávamos à beira da guerra. Foi preciso uma concertação de esforços de todos para garantir que nos afastamos do confronto," afirmou.

No primeiro dia de cessar-fogo, Mladenov apela especialmente aos palestinianos para que mantenham os protestos pacíficos. O mote do enviado da ONU é: "dar uma oportunidade à paz"