Última hora

Última hora

Helsínquia, ponto de encontro entre Ocidente e Oriente

Em leitura:

Helsínquia, ponto de encontro entre Ocidente e Oriente

Helsínquia, ponto de encontro entre Ocidente e Oriente
Tamanho do texto Aa Aa

A capital da Finlândia, Helsínquia, já no passado acolheu cimeiras entre os Estados Unidos e a Rússia.

Foi aqui que decorreu em 1975 a Conferência sobre Segurança e Cooperação na Europa, onde foram assinados os Acordos de Helsínquia.

Na altura, o encontro reuniu o então líder soviético, Leonid Brezhnev e o presidente norte-americano, Gerald Ford.

Em 1990, foi a vez do encontro entre George Bush e Mikhail Gorbatchev. Foi aqui que os dois líderes discutiram a invasão do Koweit pelo Iraque.

E em 1997, Helsínquia foi também o local escolhido para a cimeira entre Bill Clinton e Boris Yeltsin. Um dos resultados deste encontro foi a redução nos arsenais nucleares de ambos os países.

Esta segunda-feira, a história repete-se com o encontro entre o presidente norte-americano , Donald Trump, e o presidente russo, Vladimir Putin.