Última hora

Última hora

Ausência de acordo entre UE e Reino Unido pode ter consequências "grandes", diz Carney

Em leitura:

Ausência de acordo entre UE e Reino Unido pode ter consequências "grandes", diz Carney

Mark Carney
Tamanho do texto Aa Aa

O governador do Banco de Inglaterra, Mark Carney, afirmou esta terça-feira que a ausência de acordo entre o Reino Unido e a União Europeia teria o que descreveu como "grandes" consequências para a economia, levando à revisão das taxas de juro e ao desemprego no setor financeiro.

Carney acrescentou que apesar do Reino Unido e da União Europeia já terem negociado um período de transição a partir do final de março de 2019 até Dezembro de 2020, tal ainda não havia sido ratificado pelos países membros da UE o que não exclui a possibilidade do Reino Unido ter que adotar os termos comerciais da Organização Mundial de Comércio na ausência de acordo. Segundo Carney, tal iria deixar o país numa situação de desvantagem.

O alto funcionário adiantou que o Banco de Inglaterra está preparado para a eventualidade de um Brexit sem acordo com a União Europeia.

Carney referiu ainda que do lado europeu ainda não haviam sido propostas soluções para o setor financeiro. O governo britânico já se comprometeu a legislar no sentido de manter o que designa como "continuidade" após a saída do Reino Unido da União Europeia.