Última hora

Última hora

Ryanair cancela até 600 voos na Europa devido à greve de tripulantes de cabine

Em leitura:

Ryanair cancela até 600 voos na Europa devido à greve de tripulantes de cabine

Ryanair cancela até 600 voos na Europa devido à greve de tripulantes de cabine
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 600 voos cancelados, mais de 50 mil passageiros afetados. Este é o impacto previsto da greve do pessoal de cabine da Ryanair dos próximos dias 25 e 26 de junho.

Estes números foram revelados pela companhia aérea irlandesa, que adiantou mais detalhes: 27% de voos de ou para Portugal vão ser anulados. Em Espanha podem ser cancelados até 200 dos mais de 830 voos diários (24%) e na Bélgica serão anulados até 50 dos 160 voos diários (31%).

A greve foi convocada pelos sindicatos de trabalhadores que exigem que a companhia aérea de baixo custo passe a respeitar os direitos dos trabalhadores em cada país em que opera e reconheça os representantes sindicais eleitos, que pretendem negociar um acordo coletivo de trabalho.

A empresa irlandesa, num documento digital alerta os funcionários para o facto de não serem obrigados a aderir ao protesto e de serem livres de comparecer no trabalho. E pede que informem se vão ou não fazer greve.

Os sindicatos consideram este pedido ilegal.