Última hora

Última hora

Alto funcionário do Eliseu que espancou manifestante será despedido

Em leitura:

Alto funcionário do Eliseu que espancou manifestante será despedido

Alto funcionário do Eliseu que espancou manifestante será despedido
Tamanho do texto Aa Aa

A pressão da opinião pública falou mais alto e Alexandre Benalla será demitido das funções que exerce junto do presidente francês, segundo informou uma fonte oficial do Palácio do Eliseu. Chefe de gabinete adjunto, Benalla era o mais alto responsável pela segurança e pela organização das deslocações do presidente francês, Emmanuel Macron.

O vídeo em que aparece a espancar um manifestante durante os protestos do dia 1 de maio, usando um capacete e insígnias da polícia (à qual não pertence) causou uma onda de mal-estar e indignação.

O caso foi na altura abafado pelas mais altas esferas e Benalla sancionado com uma mera suspensão de 15 dias sem salário.

Benalla havia apenas sido autorizado a participar na operação na qualidade de observador.

O antigo alto responsável arrisca-se a passar três anos na prisão e a pagar uma multa de 45 mil euros.

Fontes judiciais referem que Benalla é ainda acusado de apropriação indevida de imagens de um sistema de vídeo-vigilância. Outros três polícias foram igualmente suspensos.