Última hora

Última hora

Protestos na Rússia contra planos de aumento da idade de reforma

Em leitura:

Protestos na Rússia contra planos de aumento da idade de reforma

Protestos na Rússia contra planos de aumento da idade de reforma
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas compareceram à chamada do Partido Comunista. Contra os planos do Governo de aumentar a idade de reforma, grupos de manifestantes, saíram, este sábado, às ruas de várias cidades russas em protesto.

Sindicatos e trabalhadores dizem que as pessoas não viverão tempo suficiente para usufruir das pensões.

A iniciativa governamental, justificada com uma contração da força de trabalho, pretende subir a idade de reforma de 60 para 65 anos, entre os homens, e de 55 para 63 entre as mulheres. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, os homens russos têm uma esperança de vida de 66 anos e as mulheres de 77.

Esta sexta-feira, a Comissão Eleitoral Central da Rússia rejeitou a proposta dos comunistas de submeter o tema a referendo.