Última hora

Última hora

Crescimento na zona euro continua a desacelerar

Em leitura:

Crescimento na zona euro continua a desacelerar

Crescimento na zona euro continua a desacelerar
Tamanho do texto Aa Aa

A economia da zona euro cresceu 0,3% de abril a junho, uma décima a menos do que o registado no primeiro trimestre do ano, revelou, terça-feira, o Instituto Europeu de Estatística (Eurostat).

De acordo com os analistas, este desaceleramento nos 19 países com a moeda única poderá ter a ver com as tensões comerciais, em particular com a posição protecionista dos EUA.

"A incerteza comercial parece já ter um efeito significativo sobre a economia da zona euro no segundo trimestre", disse Bert Colijn, analista do banco holandês ING, considerando que esse é um fator que abala o sentimento de confiança das empresas e dos consumidores, levando a menores investimentos.

O Eurostat publicou, também, o valor da inflação em julho: subiu uma décima, para 2,1%, impulsionada pelos preços elevados da energia.

O valor excede a meta estabelecida pelo Banco Central Europeu, que considera desejável uma taxa ligeiramente abaixo dos 2%.

Quanto à taxa de desemprego, os números relativos a junho são animadores: mantém-se nos 8,3%, como em maio, sendo o valor mais baixo desde dezembro de 2008.

No entanto, ainda permanece acima da taxa média antes da crise financeira, há uma década, quando se situava nos 7,5%.