Última hora

Última hora

Pelo menos três mortos no Zimbabué em violência pós-eleitoral

Em leitura:

Pelo menos três mortos no Zimbabué em violência pós-eleitoral

Pelo menos três mortos no Zimbabué em violência pós-eleitoral
Tamanho do texto Aa Aa

O ambiente é de tensão pós-eleitoral no Zimbabué. Há registo de pelo menos três vítimas mortais em Harare. Depois do anúncio da vitória do partido da União Nacional Africana do Zimbabué, no poder desde 1980, os partidários da oposição saíram às ruas em protesto. A polícia já não era suficiente e o exército foi destacado para controlar os focos de violência.

"Hoje assistimos ao destacamento de tanques militares e aos disparos de munições verdadeiras sobre os civis sem motivo aparente. Os civis podem exigir o respeito dos seus direitos legalmente. Qualquer distúrbio pode ser resolvido pela polícia, que está treinada para manter a ordem pública. Os soldados são treinados para matar em tempos de guerra", disse o porta-voz do partido MDC, Nkululeko Sibanda.

O ministro da Justiça do Zimbabué disse que o exército foi destacado para dispersar a violência e para assegurar a "paz e a tranquilidade". Através do twitter, o Presidente Emmerson Mnangagwa, que sucedeu a Robert Mugabe, lançou um apelo à "calma" e à "paciência" no país.