Última hora

Última hora

Benfica preocupa a poucos dias da batalha pela Liga dos "milhões"

Em leitura:

Benfica preocupa a poucos dias da batalha pela Liga dos "milhões"

Defesa "encarnada" batida nas alturas no primeiro golo dos franceses
Tamanho do texto Aa Aa

O Benfica encerrou a pré-época com mais uma derrota na Eusébio Cup, a quinta consecutiva desde 2012.

Desta vez, no Algarve, num jogo também a contar para a International Champions Cup, as "águias" até deixaram boas notas no ataque, diante dos franceses do Olympique de Lyon.

A defesa, porém, deixou muitas preocupações a poucos dias da pré-eliminatória da Liga dos Campeões diante dos turcos do Fenerbahce.

Aos remates ao poste de Salvio e André Almeida, responderam os franceses no final da primeira parte com eficácia perante uma defesa permissiva.

Na sequência de um canto, o brasileiro Marcelo abriu o marcador aos 40 minutos.

Ainda antes do descanso, Bertrand Traoré escapou-se a Alex Grimaldo pela direita e, à entrada da área, atirou colocado, sem hipóteses para o alemão Odisseas Vlachodimos, o provável dono da baliza do Benfica no arranque da época.

Rúben Dias foi titular no centro da defesa, saiu ao intervalo sem impressionar, mas no final ouviu o treinador do Lyon assumir que é um dos alvos no topo das prioridades do clube francês.

Bruno Génésio referiu contudo que "há questões financeiras" num negócio em que o Benfica exige 45 milhões de euros, o inflacionado valor da cláusula de rescisão do central português, de 21 anos.

De regresso ao jogo, Rui Vitória fez três alterações ao intervalo e uma das novidades, Zivkovic, mexeu com o jogo. Logo no reatamento, Pizzi voltou a acertar no poste.

Aos 59 minutos, o médio "encarnado" foi mais feliz e, isolado por Salvio, "picou" a bola sobre Mathieu Gorgelin, o substituto de Anthony Lopes na baliza lionesa.

Cinco minutos depois, uma infelicidade de Marcelo valeu o merecido empate ao Benfica.

A eficácia do Lyon e a permissividade da defesa portuguesa viriam, contudo, a ser determinantes.

Aos 83 minutos, André Almeida deixou escapar Martin Terrier e o novo extremo-esquerdo do Lyon ficou o 3-2 final, que deu aos franceses a Eusébio Cup 2018 e custou também ao Benfica um amargo adeus à International Champions Cup.

A equipa da Luz estreia-se nos jogos oficiais na terça-feira, recebendo o Fenerbahce, na primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Três dias depois, as "águias" têm honras de abertura da Liga portuguesa, de novo na Luz, diante do Guimarães.

O Olympique de Lyon tem ainda mais dois jogos de preparação (Inter de Milão e Chelsea) integrados na International Champions Cup e estreia-se na Liga francesa no sábado, 11 de agosto, recebendo o Amiens.