Última hora

Última hora

Alemanha bloqueia ofensiva de grupos chineses

Em leitura:

Alemanha bloqueia ofensiva de grupos chineses

Alemanha bloqueia ofensiva de grupos chineses
Tamanho do texto Aa Aa

O novo poder de veto do governo alemão para bloquear tentativas de compra de empresas por parte de grupos estrangeiros já começou a fazer efeito. O grupo chinês Yantai Taihai desistiu de querer comprar o fabricante de ferramentas Liefeld, antecipando o veto que Berlim tinha ameaçado aplicar. Estes poderes alargados são a resposta à política da China em adquirir posições importantes nas empresas alemãs.

"O governo chinês apoia cada vez mais as tentativas de compra. Querem controlar mais empresas de renome mundial, como a BMW ou a Henkel, que todos conhecemos. As aquisições são a forma mais rápida e eficiente de o conseguir", explica a consultora de negócios Yi Sun.

No mês passado, o governo alemão, através de um banco estatal, conseguiu impedir que 20% do capital de uma empresa de rede elétrica caísse nas mãos de capitais do Estado chinês.