Última hora

Última hora

Turquia congela bens de governantes dos EUA

Em leitura:

Turquia congela bens de governantes dos EUA

Turquia congela bens de governantes dos EUA
Tamanho do texto Aa Aa

Acabou a paciência do presidente turco.

Depois de alguns dias a tentar que Washington recuasse na decisão de congelar os bens de dois ministros turcos nos Estados Unidos, Recep Tayyip Erdogan decidiu agora retribuir na mesma moeda.

Num comício em Ancara, Erdogan revelou: "Dei ordem para que sejam congelados os bens dos ministros da Justiça e do Interior dos Estados Unidos na Turquia, caso tenham alguns. A Turquia não será disciplinada com estas ações."

Na origem desta escalada de tensão entre os dois países, está a detenção de um pastor norte-americano na Turquia. Andrew Brunson está detido há quase dois anos, acusado de atividades terroristas e de espionagem. Na semana passada foi transferido para prisão domiciliária.

Os Estados Unidos decidiram impor sanções aos ministros turcos da Justiça e do Interior, pelo alegado papel nesta decisão.

O aumento da tensão entre os dois países, já fez a lira turca cair para mínimos históricos em relação ao dólar americano. Neste momento, uma lira não chega a valer 20 cêntimos de dólar.